{Entonces}


Melhor Previnir…
fevereiro 22, 2007, 10:04 pm
Filed under: Saúde

posicaoexame.gif

E como diz aquele velho ditado de sabedoria popular “mais vale previnir do que remediar”.

Pois é, e quando o assunto é previnir nossa saúde, aí sim é que este dito tem que ser levado à risca. Ainda mais quando se fala da saúde feminina.

Quero dividir com vocês um drama que não só aconteceu comigo, mas que ocorre com milhares de mulheres todos os anos.

Sabe aquele exame chato que toda mulher tem que passar  pelo menos uma vez ao ano? Sim, o exame ginecológico preventivo.

Eu sei que é super desagradável, e muitas vezes resistimos ir ao médico, porque “sentimos” que tudo está em “ordem”. Mas aí que mora o perigo , muitas vezes o inimigo está oculto e não dá nenhum sinal, a não ser na hora do exame preventivo .

Estou falando da importância do “Papanicolau”, que DEVE ser realizado pelo menos uma vez ao ano em todas as mulheres com vida sexual ativa.

Pois é o “papa-nicolau” que vai dizer se está tudo realmente bem com você, minha cara.

Sofrendo na pele

Há 4 meses descobri uma lesão no colo do meu útero através de um exame rotineiro no ginecologista, apesar de vacilar e ficar por dois anos sem o exame.  

Estava tudo bem com a minha saúde, não sentia nenhum sintoma, nada de diferente na lingerie. Aparentemente tudo em perfeita ordem, até que recebi uma ligação da minha médica. (Na Nova Zelândia é de costume os médicos ligarem pessoalmente para o paciente), pedindo que eu voltasse ao consultório para conversarmos sobre o resultado do meu exame.

Fui com a consciência tranquila, sem maiores preocupações, até encontrar a médica, que me mostrou o resultado e disse que o meu “pappa smear” tinha dado uma alteração e que eu deveria procurar um especialista.

Na mesma semana procurei um especialista, refizemos o exame, e além disso ele colheu material para uma biópsia. Esperei mais alguns dias até receber o novo diagnóstico do médico especialista.

Os exames mostravam uma lesão grande e perigosa no colo do meu útero. O médico explicou que eu teria que retirá-la o quanto antes, pois se eu não tratasse imediatamente, a lesão daria espaço para um câncer, em pouquíssimo tempo.

Eu e meu marido chegamos a conclusão de que seria melhor vir fazer a cirurgia aqui no Brasil, já que a cirurgia e a passagém aérea estavam quase o mesmo valor. Além do mais estaria junto com a mami, visitaria as pessoas que tanto gosto e não via há tempos, os médicos… etc e tal.

Cheguei aqui no Brasil, e menos de um mês já tinha operado. Foi uma cirurgia rápida e simples. Creio que durou apenas uns 15 minutos. Não senti nada de dor, a anestesia foi local e passei apenas uma noite no hospital,  para controle médico.

Tive 20 dias de repouso, sem dor, com pouco sangramento, e agora já voltei à vida normal e não vejo a hora de voltar aos braços do meu Babe.

Felizmente recebi a ótima notícia que a lesão foi toda retirada, e que necessito continuar o tratamento durante um ano. O tratamento consiste em fazer o exame preventivo a cada três meses, e ter o máximo de cuidado para não engravidar nesse período. Uma gravidez durante essa época de “cicatrização” seria de risco, pois como o colon de útero foi cortado, ele necessita de tempo para “crescer e fortalecer”. Mas isso também não me impede de uma futura gravidez, pois é só eu avisar o meu obstreta, que ele vai tomar os devidos procedimentos para uma gravidez saudável.

O mais interessante é que esta doença surge de um dia para o outro e vai crescendo, crescendo, e se  não cuidarmos pode virar num câncer de colo de útero irreversível.

No dia da minha cirurgia tinham mais 16 mulheres operando junto comigo, e todas com o mesmo diagnóstico, NIC lll. Eram de todas as idades, eu tenho 29, tinha outras na faixa dos 30 e 40, e até mesmo  uma menina de 19 anos.

O câncer do colo do útero não escolhe idade, de acordo com a enfermeira que estava me cuidando, ela disse que é muito comum meninas novas e até mesmo sem filhos apresentarem a doença, devido a vida sexual que vem se tornando cada dia mais cedo.

Entonces minha amiga, deixe a vergonha e a preguiça de lado e visite o seu ginecologista regularmente, no mínimo uma vez ao ano, mesmo que você não sinta nada errado com você, pois só o que vai dizer se está tudo 100% bem mesmo com a sua saúde são os exames médicos.

Se eu não tivesse deixado de ir ao médico antes, talvez não fosse necessário uma cirurgia, e sim algum medicamento… mas sabe como é né… as vezes a gente vai empurrando com a barriga e tal.

Mas agora eu já aprendi a lição, vou previnir, para não precisar remediar.

ah e para saber mais sobre o exame preventivo clique http://www.orientacoesmedicas.com.br/oqueepapanicolau.asp

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

estou muito feliz de ter lido o seu desabafo, pois estou passando pelo mesmo problema, ja fui operada e agora tenho que voltar a fazer novos exames para ver se está tudo bem, mas com o seu depoimento, estou mas tranquila, pois sei que tenho chance de estar bem.

Comentário por claudia

Procurando o q a Doutora me disse achei seu site e vim lhe contar q a minha doutora disse q se vc tiver diagnostico de cancer na familia e comum q vc tenha esse probleminha e ainda me disse q a causa ainda e um inimigo oculto q ninguem sabe direito se esta ligado diretamente ao sexo pois tem casos de meninas q ainda nao teve relaçoes sexuais e ja tem o problema.Eu nao sei se e verdade mas ela me garntiu que como na minha familia tem casos de cancer pode ser q eu tenha uma pre-dispoisiçao maior para ter esse tipo de problema.Quando eu descobri q tinha fiz um tratamento e nao sumiu entao fiquei aguardando ser chamada pra fazer a cirurgia e demorou mais de um ano para ser chamada(pelo SUS)entao engravidei tive uma filha e depois q ela nasceu eu voltei a fazer novos exames e nao deu nada depois de 2 anos o bendito pareceu denovo e agora vou fazer a cirurgia.Espero q isso nao apareça denovo depois da cirurgia!!!Imagina o q eu estou passando!!!

Comentário por Patricia




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: